GESTÃO AMBIENTAL

.posts recentes

. VISITANTES

. SEDIMENTAÇÃO - SEDIMENTAT...

. SECA SAZONAL

. SECA CONTINGENTE - IT DRI...

. SAVANA - SAVANNAH

. SAPROPEL

. SANEAMENTO BÁSICO - BASIC...

. SANEAMENTO AMBIENTAL - AM...

. SANEAMENTO - SANITATION

. SALOBRA

.arquivos

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Novembro 2007

Sábado, 19 de Abril de 2008

EL NIÑO

El niño
Fenômeno da inversão das correntes do Pacífico Equatorial e que pode ser verificado na época próxima ao Natal. Esse fenômeno provoca em vários países graves conseqüências climáticas, como períodos severos de seca, trombas-d`água no Pacífico, ciclones e tornados e chuvas violentas. Nas condições normais, os ventos sopram do leste ao oeste no Pacífico Equatorial. Em outras condições, ligadas a uma alta considerável da temperatura das águas do Pacífico, as correntes de ventos se invertem, afetando o clima mundial. El Niño em espanhol significa �¨O Menino¨, em referência ao Menino Jesus. (2) Fenômeno oceanográfico e atmosférico, altamente complexo, caracterizado por uma corrente quente marítima deslocando-se do Equador para os trópicos, que inverte, ou pelo menos impede, a circulação normal das águas quentes do Oceano Pacífico, a qual se dá da costa ocidental da América do Sul para a costa oriental da Austrália e Ásia. As causas objetivas deste fenômeno ainda são em grande parte desconhecidas, embora estudos minunciosos estejam em andamento em várias partes do mundo. O deslocamento normal (leste-oeste) das águas do Pacífico provoca uma grande ressurgência nas costas do Chile e Peru, o que por sua vez ocasiona o clima seco normalmente presente nessa área, e proporciona uma intensa reprodução de peixes. Periodicamente, com um intervalo variando de dois a sete anos, o El Niño ocorre no início do verão do hemisfério sul, daí seu nome " o menino" , originário de uma homenagem dos pescadores ao menino Jesus. Dura em média um ano e causa efeitos tão fortes nas condições do tempo em várias partes do planeta, que é considerado pelos meteorologistas o segundo fenômeno atmosférico-climático mais importante da Terra, atrás apenas da mudança das estações. Sua intensidade e período são muito variáveis e de difícil previsão, mas como modernas técnicas de sensoriamento remoto e os satélites, já é possível prever e prevenir minimamente seus efeitos. Estes vão de calor excessivo no norte dos EUA, seca intensa no nordeste brasileiro, chuvas fortes no sul do Brasil, ausência de peixes nas costas do Peru e Chile, secas na Austrália e uma série de outros efeitos significativos pelo mundo todo. No outono de 1997, foi detectado um El Niño iniciando-se excepcionalmente tarde, mas que provocou intensas chuvas nas costas do Chile e Peru, e um inverno excepcionalmente quente e seco no sudeste brasileiro. (3) Corrente de Água morna que flui preriodicamente no Oceano Pacífico, ao longo da costa oeste da América do Sul, provocando alterações no regime de ventos e de chuvas de várias partes do planeta. (4) Corrente oceânica quente, originária da corrente quente equatorial que, em cada sete de um período de quarentas anos, temporariamente desloca a corrente de Humboldt da costa peruana, ocorrendo quando os ventos de sudeste do oceano Pacífico perdem sua força; provoca, entre outros fenômenos, bruscas alterações climáticas no continente (como as violentas chuvas e conseqüentes inundações no Brasil). Tem esse nome por sempre ocorrer próximo ao fim do ano. O El Niño, no caso, é o Menino Jesus (Glossário LIbreria, 2003).
tags:
publicado por LUCIANO às 05:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
25
26
27
28
29
30

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds